#belarecatadaedolar: Reportagem da “Veja” criticada nas redes sociais

Mulher do vice-presidente Michel Temer (PMDB), nome apontado a suceder a Dilma Rousseff, Marcela Temer foi tema de uma reportagem da revista “Veja”, com o título “Bela, recatada e ‘do lar'”. Reações mostraram que machismo não passa.

O texto, publicado a meio de uma tempestade política no Brasil, depois de ter sido aprovado o processo de destituição da presidente Dilma Rousseff, foca-se na história do romance entre Michel, de 75 anos, e Marcela, de 32, casada com o atual vice-presidente desde os 20 anos. Marcela é retratada como uma mulher “bela, recatada e do lar” e durante todo o texto fica a insinuação de que a relação é por interesse da parte dela.

Foi precisamente por isso que, desde a manhã de hoje, dia 20, este é um tema em destaque no Twitter e no Facebook brasileiros, numa campanha de empoderamento feminino que já atravessou a barreira atlântica.

As redes sociais encheram-se de fotos, sobretudo de mulheres, mostrando que não é o facto de serem belas, recatadas e “do lar” que as valoriza. Seja em manifestações, vestidas de forma que a sociedade poderia classificar de “pouco recatada”, em bares ou aulas de pole dance, mostraram não só que o lugar da mulher é onde ela quiser, demonstraram também repúdio pela deposição de uma mulher que lutou – e foi torturada – pela democracia do Brasil e sua substituição pela mulher “socialmente correta” e submissa ao homem.

 

 

Anúncios

About the post

ATUALIDADES

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: